• 1horizonte.jpg
  • 1mimi.jpg
  • 1toque.jpg
  • 1entre a ancora e o voo.jpg
  • 1de onde nascem as flores.jpg

 Direitos Reservados © Anna Charlie

Sobre

manacá | assistance culturelle

Carolina Besse

A manacá é uma empresa criada pela paulistana e franco-brasileira Carolina Besse, com foco no desenvolvimento de atividades e conteúdos culturais.

 

Tudo começou em 2016, com o desejo de Carolina de mostrar São Paulo de uma maneira mais acolhedora para estrangeiros francófonos que vinham morar na cidade. Desse desejo, nasceu um Instagram com dicas únicas, que só um local poderia oferecer.

A partir de então, Carolina começou a ser cada vez mais solicitada para apresentar a cidade de um jeito cultural e verdadeiro.

 

Além das dicas, o formato do conteúdo da manacá também começou a chamar a atenção: textos leves, artísticos e instigantes. Assim surgiram os serviços de conteúdo cultural: apresentar a história de uma marca, um artista, um negócio, sempre de maneira lúdica, criativa e calorosa.

 

Hoje, a manacá realiza um apoio cultural local específico para estrangeiros francófonos que moram em São Paulo; oferece experiências culturais únicas pela cidade; continua dando dicas preciosas por aqui e nas redes sociais (em português e en français); e apresenta de um jeitinho singular a história de tantas pessoas e negócios bacanas.

Mas, por que manacá?

Manacá-da-serra

Esse nome foi escolhido pela Carolina por alguns motivos.

Era preciso encontrar um nome que fizesse sentido em português e em francês e que refletisse a essência da empresa: brasileira, paulistana e feminina.


Manacá-da-serra é uma árvore brasileira nativa da Mata Atlântica. Mais conhecida como manacá, seu nome é de origem Tupi, que significa flores nas cores brancas e azuladas. Ou seja, nome mais brasileiro impossível!


Essa árvore é bastante comum nas ruas de São Paulo e apreciada sobretudo no inverno, época em que ela floresce. Nesse momento seu nome Tupi faz todo sentido: suas flores nascem brancas e conforme envelhecem mudam de cor: ficam rosadas e violetas. Ou seja, uma árvore em constante mutação, como São Paulo.


A pronúncia da palavra manacá em português, ou em francês... é a mesma! Não tem erro, manacá é igual pra todo mundo.


E claro, tem algo mais feminino que uma árvore cujas flores mudam de cor com o tempo?